fbpx

Utiliza reforço positivo na sua sala de aula?

Durante décadas, várias estratégias de controlo do comportamento foram adotadas em contexto escolar. Os métodos tradicionais de educação incidiam essencialmente na punição e os comportamentos considerados adequados eram aprendidos através da repressão associada aos comportamentos desadequados. As crianças aprendiam a adotar comportamentos adequados para não serem punidos.

 
Atualmente, o reforço positivo tem sido uma estratégia cada vez mais adotada. Trata-se de um processo em que a ocorrência de um comportamento é fortalecida por uma consequência positiva que se segue à sua ocorrência. É uma técnica comportamental que contribui para a  alteração de comportamentos e é um estímulo específico que é utilizado após a identificação de determinado comportamento, sendo possível que reforce este comportamento e, assim, aumente a probabilidade que este se repita. Está associado a sensações de bem-estar, prazer e satisfação e revela-se um procedimento adequado na modificação do comportamento.

O professor, utilizando o reforço positivo como estratégia facilitadora do processo de aprendizagem, potencia o processo de aquisição de conhecimentos. É importante que, para aplicação desta estratégia, se tenha em conta que cada criança tem diferentes características e diferentes necessidades, logo o incentivo pode não ser o mesmo para diferentes alunos.

A utilização de um reforço positivo individualizado permite aos alunos identificarem os seus pontos fortes e avaliarem as suas potencialidades de progresso.

Esta semana lançamos dois recursos relacionados com o reforço positivo!

Apanhado a…” é apresentado sob a forma de um conjunto de 12 cartões, permitindo que, o educador de infância ou o professor, seja facilmente utilizado em sala de aula.

Este recurso pretende ser utilizado como apoio a uma sessão sobre regras em sala de aula ou utilizado após o estabelecimento de regras em sala de aula.
Pretende-se que as crianças compreendam quais são as expectativas que o professor tem em relação ao seu comportamento. Se ainda não tiver feito nenhuma reflexão sobre o comportamento em sala de aula, convém que seja feita previamente.

Veja este recurso (existe para pré-escolar e para 1º ciclo) no nosso site: